OVG abre prazo para renovação eletrônica de bolsas de estudo.

Estudantes têm até 31 de janeiro para renovar benefício por meio da Central de Informações do Bolsista, no site da Organização das Voluntárias de Goiás. Procedimento é requisito para migração automática do Bolsa Universitária para Programa Universitário do Bem (ProBem)

O período para renovação das bolsas de estudo oferecidas pelo Governo do Estado, por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), começa nesta quarta-feira (06/01). Os bolsistas têm até o dia 31 de janeiro para realizar o procedimento, que é um dos requisitos obrigatórios para a permanência no quadro de beneficiários para 2021/1.

A renovação deve ser realizada de forma eletrônica, por meio da Central de Informações do Bolsista (http://sistemas.ovg.org.br/bolsistas/). Com a criação do Programa Universitário do Bem (ProBem), os beneficiados pelo Bolsa Universitária migrarão de forma automática para o novo formato.

Para renovar o benefício, os universitários precisam acessar o site ovg.org.br, clicar no banner do ProBem e seguir o passo a passo: atualizar os dados pessoais e do grupo familiar; enviar os documentos solicitados; responder à pesquisa e selecionar sua preferência de análise socioeconômica para o próximo semestre (2021/2). As opções são: via Indicador Multidimensional da Pobreza, a partir dos dados contidos no CadÚnico, de acordo com os critérios do ProBem, ou pela renda, conforme os critérios antigos do Bolsa Universitária. Após essa etapa, basta que o estudante assine e emita eletronicamente o Termo de Adesão.

De acordo com a diretora do ProBem, Rúbia Prado, todos os bolsistas que cumpriram os requisitos no último semestre, poderão renovar o benefício e migrar automaticamente para o novo formato de concessão das bolsas de estudo. “Pedimos que os bolsistas não deixem para a última hora. É importante ressaltar que a migração desses veteranos do Bolsa Universitária para o ProBem ocorrerá de forma automática após a renovação do benefício”, destaca Rúbia.

Atualmente, as bolsas de estudos da OVG atendem cerca de 9 mil universitários em situação de vulnerabilidade social em todo o Estado. Para manter o benefício, eles são estimulados a se envolverem em ações sociais em prol da sociedade. No último semestre, em decorrência da pandemia da Covid-19, os estudantes puderam contabilizar pontos por meio da participação em lives promovidas ou apoiadas pela OVG, pela doação voluntária de sangue ou plaquetas e por meio de cursos on-line de capacitação.

Ao longo deste período, 11 lives foram disponibilizadas, além de seis cursos on-line gratuitos oferecidos em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Já os bancos de sangue receberam 16.803 doações, que ajudam a salvar inúmeras vidas em todo o Estado.

A diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado, destaca que a missão da entidade é transformar a realidade das pessoas para melhor. “Quando oferecemos ao universitário a oportunidade do curso superior, o incentivamos a usar seus conhecimentos para também ajudar outras pessoas por meio do trabalho voluntário, bem como a realizarem doações de sangue, que é um gesto que salva vidas. Não queremos que isso seja apenas algo que eles façam enquanto bolsistas, mas que levem o voluntariado e o desejo de ajudar para toda a vida deles”, frisa.

Adryanna ressalta que, atualmente, grande parte das empresas avalia o currículo social dos candidatos, além da formação profissional. “Com o ProBem conseguimos capacitar esses estudantes também nesse sentido”, comenta.

Além de ajudar outras pessoas por meio dessas ações sociais, o programa conta com o Banco de Oportunidades, que traz também a possibilidade de os universitários aprimorarem seus conhecimentos. A iniciativa vai disponibilizar cursos de aperfeiçoamento e promover experiência profissional aos jovens beneficiários.

A OVG fará o intermédio entre estudante e instituição parceira para que, ao longo do curso, ele possa aprofundar os conhecimentos e aumentar as chances de empregabilidade. “Esse Banco de Oportunidades vai ajudar quem precisa, mas vai ajudar muito mais os estudantes. Além da bolsa, eles terão a oportunidade de aprender e de criar relações profissionais ao longo de toda a trajetória acadêmica. Com uma formação técnica e humana, esses futuros profissionais estarão ainda mais preparados para o mercado de trabalho”, enfatiza a presidente de honra da OVG e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais, primeira-dama Gracinha Caiado.

Serviço:
Assunto: OVG abre período para renovação eletrônica de bolsas de estudo OVG
Quando: 6 a 31 de janeiro de 2021
Onde: http://sistemas.ovg.org.br/bolsistas/

Organização das Voluntárias de Goiás – Governo de Goiás