Empresário leva golpe e é vítima de crime de falsidade ideológica em Formosa

Na manhã desta quarta-feira, por volta das 11h40, um homem de 32 anos procurou a Polícia Civil de Formosa-GO e informou que havia sido impedido de realizar uma compra pela sua empresa, sob a justificativa de que haviam débitos em seu nome.

De acordo com o comunicante, o fornecedor relatou que ao efetuar pesquisa no site do Serasa, foi constatada a existência de uma compra em um cartão de credito no valor de R$2.780,00 reais (dois mil setecentos e oitenta reais) em aberto, no Banco do Brasil.

Diante do comunicado, a vítima entrou em contato com o gerente da pessoa jurídica, para entender sobre o que se tratava.

Segundo informações, os fraudadores pegaram os dados e foto da vítima constantes na CNH desta e fizeram uma identidade falsa, que fora usada para fazer cartões de créditos, que foram entregues em um endereço na cidade de São Paulo, mesmo local da compra no valor citado.

Logo em seguida, a vítima entrou em contato com o banco e conseguiu cancelar os cartões e fora orientada a fazer o referido RAI junto a Polícia Civil.