Conheça a Antena Multissatelital instalada em Formosa que ampliará a fiscalização na Amazônia

Como funciona

A antena de recepção “multissatelital” do Ministério da Defesa foi instalada no Campo de Instrução do Exército em Formosa (GO), a cerca de 90 km de Brasília (DF). O equipamento tem 17 metros de altura e 11,3 metros de diâmetro. Funcionará de maneira permanente.

A antena receberá em tempo real o sinal captado pelos satélites que estão na órbita brasileira. O equipamento transmitirá as imagens para uma equipe de analistas do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), órgão subordinado ao Ministério da Defesa.

O Ministério da Defesa, por meio do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), inaugurou, no dia (22/07/2021), Antena Multissatelital.

Com abrangência em todo o Brasil, incluindo grande parte da Amazônia Azul, a antena vai permitir utilizar dados de satélite de observação da terra – ópticos e radares – no auxílio à preservação ambiental.

As imagens captadas vão contribuir com a antecipação e a intervenção em pontos indicados de desmatamentos e de incêndios florestais, inclusive no período de alta densidade de nuvens na Amazônia, de forma a complementar o Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Instalada no Campo de Instrução do 6º Grupo de Mísseis e Foguetes do Exército Brasileiro, em Formosa (GO), a Antena Multissatelital integra o projeto Amazônia SAR.

Com 11,3 metros de diâmetro é capaz de captar imagens de satélites operados pelo Estado brasileiro ou com as quais sejam celebrados contratos de aquisição de imagens.

Ministério da Defesa

Licença

Licença de atribuição Creative Commons (reutilização permitida)