Polícia Civil do Distrito Federal, por meio da 16ªDP/DPC, elucida bárbaro crime de duplo homicídio e prende três autores

Polícia Civil do Distrito Federal, por meio da 16ªDP/DPC, elucida bárbaro crime de duplo homicídio e prende três autores

Policiais Civis da 16ªDP concluíram a “Operação GO 430”, que resultou na elucidação de duplo homicídio cometido de forma brutal contra o casal Wellington e Krislany, fato ocorrido no dia 27 de setembro de 2020, na divisa entre o Distrito Federal e Goiás, às margens da GO 430, Zona Rural de Planaltina-DF. As vítimas foram brutalmente assassinadas, apresentando diversas lesões provocadas por disparos de armas de fogo, arma branca e ação contundente.

Ao final das investigações, foi possível determinar que o crime se deu por vingança e praticado por um menor infrator e três autores, incluindo o mandante, que, após saber da prisão dos demais autores, fugiu para a cidade de Barra do Garças/MT. Todavia, a incessante investigação de polícia judiciária com serviços de inteligência mútuo, perdurou, de forma ininterrupta, até que os policiais civis da PCMT conseguiram dar cumprimento ao mandado de prisão expedido pelo Tribunal do Júri de Planaltina/DF em desfavor desse perigoso indivíduo foragido.

Segundo restou apurado, a mulher recebeu um disparo nas costas ao pedir clemência, tendo corrido em seguida. Os criminosos, assim que ela caiu ferida, pisaram em seu pescoço e dispararam fatalmente contra a cabeça dela. O companheiro acabou morrendo com um disparo na cabeça e diversos golpes de arma branca pelo corpo. O casal deixou uma criança de 4 anos. A vítima mulher acabou morrendo por pegar carona junto com o companheiro no momento em que os criminosos planejaram matá-lo, ou seja, ela morreu para não testemunhar o crime praticado contra o companheiro.

Todos os investigados já foram denunciados e respondem ao devido processo criminal na condição de réus.

Condutor embriagado provoca acidente no Bairro Formosinha

Por volta do meio dia em atendimento a um chamado do COPOM, a equipe policial dirigiu-se ao Bairro Formosinha, para averiguar um suposto acidente de trânsito ocorrido em frente ao estabelecimento “Melhor Atacadista”. Chegando ao local, a equipe deparou-se com dois homens, um de 50 anos que conduzia uma Hilux e informou estar transitando pela Avenida Brasília quando foi surpreendido pelo veículo Prisma, que entrou no retorno sem reduzir a velocidade; o segundo envolvido, um homem de 34 anos, que conduzia o Prisma, não soube informar as circunstâncias do acontecido devido ao seu estado de embriaguez. Diante do fato, e após encontrar latinha de cerveja no interior do veículo, a guarnição deu voz de prisão em flagrante para o Sr., por ser constatado a alteração do seu estado psicomotor. Finalizado o atendimento o veículo PRISMA foi removido ao pátio da SMT, onde foi confeccionado o auto de notificação e auto de apreensão.

Mulher agride companheiro com faca no centro

Na tarde desta segunda feira, por volta das 14h00, a equipe policial foi solicitada via COPOM a comparecer na Avenida Pedro Monteiro Guimarães, Centro, para prestar apoio ao CBM no atendimento de uma vítima de perfuração de arma branca. Ao chegar no local, a vítima, um homem de 47 anos, estava sendo removida ao Hospital Regional de Formosa, onde conversou com os PM’s e relatou que estava em sua residência e após uma discussão com a sua companheira, a mesma pegou uma faca e passou a ameaçá-lo, vindo a perfurar o seu pescoço e causando uma lesão com sangramento. Ao sair na rua para procurar ajuda, visualizou um desconhecido que acionou o corpo de bombeiros. Após receber cuidados médicos, a vítima não apresentava trisco de vida e informou que não possuía interesse em registrar o fato contra sua companheira. O atendimento foi encerrado no local.