A Polícia Civil cumpriu mandado de prisão preventiva de suspeito pelo crime de tráfico de drogas, homicídio e roubo qualificado

11ª REGIONAL DE FORMOSA

🚨 CUMPRIMENTO DE MANDADO DE PRISÃO PREVENTIVA

A Polícia Civil, no dia 14 de setembro de 2021, por intermédio da integração das unidades da 11ª Regional de Formosa, cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de suspeito pelo crime de tráfico de drogas.

Trata-se de investigação iniciada em janeiro de 2021, na Delegacia de Alto Paraíso, local onde o suspeito, além de reiteradamente praticar o tráfico de drogas, é investigado por diversos crimes patrimonias, como roubo e receptação.

Em junho de 2021 foi cumprido mandado de busca e apreensão da residência do investigado, local em que foi apreendido pela Polícia Civil cerca de 3KG de substância entorpecente popularmente conhecida como maconha, haxixe, balança de precisão e outros apetrechos destinados a traficância.

Após expedição de mandado de prisão preventiva, a Polícia Civil iniciou investigações sobre o paradeiro do investigado, que possuí antecedentes roubo qualificado, homicídio qualificado (por duas vezes) e tráfico de drogas.

Na tarde desta terça-feira, a Delegacia de Alto Paraíso teve notícias de que o investigado estava fugindo para a cidade de Planaltina/GO. De imediato, a unidades policiais da 11ª Regional de Formosa montaram cerco nas estradas principais e vicinais que ligam Alto Paraíso – Planaltina, e após oito horas de empenho do Policiais Civis, foi dado cumprimento ao referido mandado.

Em sede policial, o investigado confessou a propriedade das drogas, bem como informou que reiteradamente adquiria o entorpecente da cidade de Plantina para revendê-lo na cidade de Alto Paraíso. Além disso, informou que pagou R$ 4.500,00 (quatro mil e quinhentos reais) pela droga apreendida e que tinha uma renda de quase R$ 5.000,00 (cinco mil) semanal oriundo da venda de entorpecentes.

Realizadas as comunicações de praxe, o investigado foi recolhido na cidade de Alto Paraíso, onde encontra-se a disposição do Poder Judiciário.