Polícia Civil deu cumprimento a mandado de busca, apreensão e prisão de três acusados de tráfico de drogas

11ª REGIONAL DE FORMOSA
GRUPO DE INVESTIGAÇÃO DE HOMICÍDIOS – GIH/FORMOSA

A Polícia Civil, por intermédio do GIH-Formosa, com apoio do GEPATRI/GENARC-Formosa, cumpriu mandado de busca e apreensão na residência de A.P.P.B. visando obter elementos de informações acerca de um homicídio ocorrido próximo ao local, havendo indícios de que no local funcionaria um ponto de venda e consumo de drogas.

Na tarde desta sexta-feira, equipes do GIH-Formosa e do GEPATRI/GENARC-Formosa durante cumprimento de mandado de busca e apreensão no Bairro Jardim Oliveira, neste município de Formosa, ao lado de uma escola pública da região, no âmbito da operação NARCO BRASIL (realizada em âmbito nacional para repressão ao tráfico de drogas), localizaram grandes porções de crack e maconha na residência de A.P.P.B., conhecida traficante da região, e na casa de fundos da E.P.B., irmã de A.P.P.B., bem como embalagens plásticas para acondicionamento da droga a ser fracionada e valores em notas de pequeno valor.

Na ocasião, J.V.P.F., marido de A.P.P.B., assumiu a propriedade de toda a droga localizada no local, bem como E.P.B. também afirmou que a droga localizada em sua casa, a qual fica na casa dos fundos do lote, enquanto o alvo principal, A.P.P.B., negou posse das substâncias ilícitas encontradas no local, mesmo afirmando que é a proprietária da residência.

Durante as diligências foram apreendidos algumas porções de maconha acondicionadas em sacolas plásticas prontas para venda e grande quantidade de maconha ainda prensada, resultando no total de cerca de um (01) quilo da substância, bem como foram localizadas duas grandes porções de crack, pesando cerca de setenta e quatro (74) gramas do entorpecente, além de diversas embalagens plásticas para acondicionamento de frações de drogas para venda e R$ 438,00 (quatrocentos e trinta e oito reais) em espécie, caracterizando a mercancia de drogas.

Nesta seara, foram presos em flagrante delito as pessoas de A.P.P.B., J.V.P.F. e E.P.B. pelos crimes de tráfico de drogas majorado por realizar a venda de entorpecente nas proximidades de uma escola pública e associação para o tráfico de drogas, enquanto T.S.F., um usuário de drogas abordado no local com uma pequena porção de maconha, foi autuado pelo crime de uso e porte de drogas, assinando termo de compromisso de comparecimento ao Judiciário e liberado em seguida.

Realizadas as comunicações de praxe, os autores foram recolhidos junto ao sistema penitenciário local, onde permanecerão aguardando audiência de custódia, permanecendo a disposição do Poder Judiciário.