MP-GO cumpre mandado de busca e apreensão na prefeitura de Flores de Goiás

Foto: reprodução MP-GO

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) cumpriu na manhã desta sexta-feira (18/12) mandado de busca e apreensão na sede da prefeitura de Flores de Goiás. O objetivo da investigação é desarticular um esquema que se instalou na administração pública municipal com a finalidade de direcionar e dispensar indevidamente licitações do transporte escolar. A busca e apreensão foi conduzida pela promotora de Justiça de Flores de Goiás, com o apoio do Centro de Inteligência do MP-GO e da Polícia Militar.

As investigações realizadas pelo Ministério Público apontam a existência de um esquema de fraude a processos de licitação do serviço de transporte escolar do município de Flores de Goiás que envolve sociedades empresariais de propriedade de irmãos, constituídas por três empresas. Conforme apurado até agora, a empreitada contou com o auxílio de um agente público municipal e um ex-ocupante de cargo comissionado.

Apurou-se que, desde o ano de 2017, as empresas de propriedade do grupo familiar se revezaram na prestação do serviço no município, cujas contratações se deram mediante procedimentos licitatórios eivados de ilegalidades, todos autorizados à época pelo chefe do Executivo municipal. (Texto: Ana Cristina Arruda/Assessoria de Comunicação Social do MP-GO – Fotos: acervo da Promotoria de Flores de Goiás)