Mais um caso de WhatsApp clonado por criminosos

Mulher foi vítima do golpe do WhatsApp, veja dicas para não ser a próxima vítima.

golpe do WhatsApp

Uma mulher de 37 anos, moradora de Formosa, comunicou à Polícia que teve o WhatsApp clonado e que criminosos passaram a estabelecer contato que as pessoas que constam na agenda de seu telefone e passaram a solicitar valores por meio de transferência pix.

Golpista se passou por vítima

O golpista que se passou pela vítima, forneceu uma chave pix que foi comunicada a Polícia. De acordo com a vítima, até o momento do registro da ocorrência ela não foi informada se algum contato chegou a realizar transferência para o estelionatário.

A vítima comunicou que informou um código que foi enviado para o celular dela, em uma página que navegava na internet e a partir daí teve o aplicativo clonado.

Cuidados importantes para não ter seu WhatsApp clonado

É importante você tomar alguns cuidados; por exemplo não abrir links que são enviados mesmo que seja de um contato, nunca fornecer Códigos a terceiros pois esses códigos podem ser para roubar seus dados, nesse caso os golpistas convencem o usuário ou seja você a informar por telefone o código de seis números enviado pelo WhatsApp por mensagem SMS, necessário para concluir a autenticação da conta em outro celular.