Estelionatários tentam aplicar golpe via WhatsApp se passando por Delegado de Polícia

Imagem Ilustrativa

Nesta terça-feira, por volta das 09h, um indivíduo procurou a Central de Flagrante informando que teria sido vítima de uma tentativa de estelionato, via WhatsApp.

O fato aconteceu quando começou a trocar mensagens com uma jovem através desse aplicativo de mensagens, e subitamente começou a receber fotos e vídeos pornográficos envolvendo cenas com menores de idade.

A partir de então, começou a ser ameaçado pelos supostos pais da jovem de “pedofilia infantil”, que exigiram a quantia de R$ 8.000 para não denunciá-lo à Polícia Civil.

Os Estelionatários se passaram até por um Delegado de Polícia, coagindo a vítima a depositar o dinheiro exigido como condição necessária para não emitir um Mandado de Prisão pelo Crime supostamente cometido pela vítima.

A Polícia Civil registrou o fato e está realizando diligências para apurar maiores informações e localizar os infratores da lei.