Regional e DEAM de Formosa e Regional e GENARC de Águas Lindas prende acusado de aplicar golpe de mais de 500 mil reais

11ª REGIONAL DE FORMOSA e 17 REGIONAL DE ÁGUAS LINDAS – DELEGACIA DA MULHER DE FORMOSA-GO E GENARC DE ÁGUAS LINDAS

POLICIA CIVIL PRENDE ESTELIONATÁRIO DO PCC QUE EFETUOU APROXIMADAMENTE 500 MIL REAIS EM GOLPES, NO DF, GO, AL, SE, PB, PE e CE

Na tarde da última quarta-feira (26/05/21) tomamos conhecimento de um possível estelionato, em Formosa, cuja vítima seria uma senhora de 70 anos.

Com as informações repassadas pela vítima, foram verificadas as câmeras próximas à residência, as quais nos levaram até um taxista que teria transportado o estelionatário.

Confrontando dados, conseguimos chegar a informação de que o estelionatário estava hospedado em um hotel no centro da cidade. Ao chegar no hotel, o investigado já havia feito check-out.

De posse das informações, conseguimos identificar que o suspeito teria saído rumo à cidade de Águas Lindas.

Na data de hoje, a equipe de policiais civis daquela cidade, empreenderam diligências e localizaram o hotel, em o que o suspeito estava hospedado e passaram a monitorá-lo.

Naquela cidade, o investigado fez mais uma vítima, momento em que foi surpreendido pelos policiais civis daquela cidade.

Diante das informações das vítimas de Formosa, dos levantamentos feitos pelos policiais da DEAM-Formosa/GO, foi possível prender no início desta noite o suspeito Wellington de Sales Souza

Com o suspeito foram apreendidos diversos cartões e várias máquinas de cartão usados na prática dos crimes.

O crime consistia em ligar para as vítimas, em sua maioria idosas, e dizer que o cartão delas haviam sido clonado e que para iniciar uma investigação da suposta fraude um mensageiro do banco precisaria recolher o cartão cortado ao meio para enviar para um setor de investigação do banco.

Durante a investigação ficou comprovado que o suspeito chegou à cidade de Formosa nesta segunda-feira (24/05/21) e teria feito pelo menos 3 vítimas as quais já foram identificadas, além daquela em Águas Lindas. O suspeito ainda tem diversas passagens no estado de São Paulo pelos crimes de roubo, furto e crimes no Estatuto da Criança.

A polícia civil pede agora que outras possíveis vítimas desse mesmo golpe procurem à Delegacia da Mulher de Formosa (DEAM) para que possamos dar continuidade às investigações.

Participaram das investigações:
Delegados Yasser e Cleber Martins
Escrivães: Arllena e Welzimar
Agentes: Washington, Cecílio, Rafael Antônio e Ronaldo Coelho
Papiloscopista: Luiz Carlos