Operação Magnata: PCDF prende 12 integrantes de grupo criminoso instalado no Recanto das Emas

A PCDF, por intermédio do trabalho de investigação da equipe da 11ª DP Núcleo Bandeirante, deflagrou, nesta terça-feira (31), nova fase da Operação Magnata para cumprir sete mandados judiciais e desarticular grupo criminoso instalado no Recanto das Emas. Segundo apurado, o bando financiava, transportava, armazenava e distribuía centenas de quilos de maconha para diversas regiões do Distrito Federal.

Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Telegram

LEIA TAMBÉM
Após agressão entre alunos escola emite nota de esclarecimento

Fatalidade em Cabeceira de Goiás
Motociclista de 65 anos morre após bater em sinalização com pneus em Cabeceiras
Oportunidade com salário de ate R$ 4 mil reais na Secretaria de Educação do DF

Nas ações de combate ao tráfico interestadual, foram apreendidas 1,2 toneladas de maconha e quatro veículos, além de 12 pessoas presas envolvidas no crime. Quatro integrantes do grupo foram presos na terceira fase da operação, deflagrada hoje, e as demais presas nas fases anteriores.

A PCDF já havia realizado duas grandes apreensões de maconha vinculadas ao grupo criminoso antes da operação de hoje. A primeira, realizada em janeiro deste ano, rendeu cerca de 800 kg do entorpecente e a segunda, no início deste mês, em mais 350 kg.

A operação ocorreu após a equipe levantar informações de que um grupo criminoso trazia grande quantidade de drogas da Região Sul do país para o Distrito Federal utilizando carros roubados para o transporte.

Desse modo, os investigadores passaram a realizar diligências que culminaram com a primeira fase da operação, em janeiro deste ano, que resultou na apreensão de 800 kg de maconha localizados no interior de um veículo GM/Spin, roubado, dias antes, em Samambaia/DF.

Prosseguindo com as apurações, os policiais deslocaram até o Sul do país para investigar e levantar mais informações referentes à primeira fase da operação, o que colaborou para deflagrar a segunda fase da Operação Magnata, na cidade de Vianópolis/GO, quando foram apreendidos 350 kg de maconha, além de um veículo Hyundai/HB 20, roubado no início deste mês no DF.

As investigações comprovaram que as drogas eram adquiridas na cidade de Toledo/PR e trazidas para o DF, passando pelos estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás, com o auxílio de veículos batedores, ao longo do trajeto, para garantir o desvio de possíveis pontos de bloqueio montados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Apurou-se, ainda, que o grupo preso fomentava, também, crimes de furto e roubo de veículos, os quais eram usados para o transporte das drogas e, algumas vezes, até como pagamento pelo entorpecente. As drogas apreendidas, no total, estão avaliadas em R$ 2,5 milhões.

A investigação realizada contou com a participação do MPDFT e apoio da PRF, Cord e Doe/PCDF.

Os integrantes do grupo foram indiciados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e receptação.

Assessoria de Comunicação/PCDF

PCDF, excelência na investigação

Leia as Ocorrências de cada dia do mês, é só Clicar na data

julho 2022
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031